Tom Jobim - Pompa - Crônicas Debochadas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Tom Jobim

CONTOS

Existe um mimimi espalhado pelos lugares onde eu ando a respeito da qualidade da música produzida no Brasil nos dias atuais. Muitas pessoas criticam a qualidade das canções e dizem que o melhor em termos musicais no país já foi feito.

Para saber sobre o que realmente está acontecendo no mundo da música e para apontar novos caminhos para essa maravilhosa arte, entrevistei pelo aplicativo falekunskijaforam um dos mais aclamados músicos do Brasil e também do mundo, o falecido Maestro carioca Tom Jobim.

Pompa: Olá, Tom Jobim. É sempre um prazer falar contigo. A música realmente empobreceu?

Jobim: A música e o público empobreceram.

Pompa: Tem razão. Um dia desses deixei 300 pratas num show internacional e doeu no meu bolso.

Jobim: É outro tipo de pobreza, Pompa. Você está falando besteira.

Pompa: Seu grande amigo e parceiro Vinicius de Moraes disse a célebre frase: “O Whisky é o melhor amigo do homem. É o cachorro engarrafado”. O que você acha disso?

Jobim: Às vezes o melhor amigo de um homem é mesmo um doze anos.

Pompa: Cuidado, você pode ser preso por pedofilia ao dizer isso nos dias atuais.

Jobim: Mais uma gracinha dessas e eu saio do aplicativo, Pompa.

Pompa: Gostaria que você contasse como foi que você recebeu aquele convite do Frank Sinatra para gravar um álbum com ele.

Jobim: Eu estava em um bar lá no Rio de Janeiro quando o garçom falou: ”Tom Jobim, tem um camarada aqui no telefone dizendo que é o Frank Sinatra e que quer gravar um álbum com você”. E realmente era verdade.

Pompa: Essa história é muito boa, Tom. Excelente mesmo. Mas será que você faria o mesmo pelos cantores que fazem sucesso hoje em dia no Brasil, ou seja, será que o grande Maestro Tom Jobim também ligaria para o bar onde estão as estrelas da MPB atual e os convidaria para gravar um álbum?

Jobim: Só se fosse um álbum de figurinhas autocolantes, Pompa. Esses Safadões e essas duplas românticas que estão aí na praça são piores do que o mosquito da dengue.

Pompa: Para encerrar, gostaria de pedir para você cantar uma música.

Jobim: Só se for agora, Pompa.

2016



 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal