Dia dos Namorados - Pompa - Crônicas Debochadas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

CONTOS

Naquele ano, o dia dos namorados seria comemorado numa sexta-feira. Minha namorada me ligou alguns dias antes me lembrando desse fato:

-Sexta-feira é Dia dos Namorados, Pompa. Quero uma comemoração inesquecível.

-Claro, Raquelzinha. O grande Pompa vai arrumar algo legal para a gente fazer.

-Ótimo. Confio em você, querido.

Assim que desligamos o telefone, eu liguei no melhor motel de Brasília e reservei a Suíte do Sheik, no Motel das Arábias. Eu e a Raquel já havíamos ido até lá em outra ocasião.

No dia dos Namorados

-Oi, Pompa. O que você comprou para me dar de presente? Perguntou a Raquel

-É surpresa, meu anjo. A única coisa que eu posso dizer é que o local fica lá para os lados do Park Shopping.

-Park Shopping, Pompa?

-Naquele rumo.

-Vamos ao Carrefour?

-Carrefour?

-Ou será que vamos passar o Dia dos Namorados no zoológico? Também é por lá.

-Eu programei um negócio romântico para a gente fazer, Raquel. Algo supimpa, ou melhor, supompa. Nós estamos indo para o motel e eu reservei aquela suíte do Sheik que a gente adora.

-Motel, Pompa?

-Vai ter sauna, hidro, espelho no teto e o Pompa "véi de guerra" te fazendo feliz.

-De jeito nenhum, querido. De jeito nenhum mesmo. Eu pensei que eu fosse ganhar um presente de verdade e não uma ida ao motel. Eu achei que você ia me dar uma bolsa ou um sapato, por exemplo.

-Eita, Raquel. Quando você começou a namorar comigo você não queria sair do motel. Agora pelo visto não quer mais entrar.

-Eu não vou mentir para você, Pompa. Hoje em dia eu prefiro uma bolsa ou um sapato. Motel a gente pode ir a qualquer momento.

-As lojas de bolsa e sapato também não vão sair correndo, Raquel. A gente pode ir a qualquer hora.

-Vamos fazer um acordo, querido? É melhor do que ficarmos discutindo em pleno Dia dos Namorados.

-Que acordo você quer fazer, Raquel?

-Como o shopping fica perto dos motéis, que tal darmos uma parada numa loja para eu comprar ao menos um chinelo desses moderninhos?

-Chinelo? Você não queria uma bolsa ou um sapato?

-É que eu detesto aqueles chinelos do motel, Pompa. Vê se me entende, criatura.


2017


Todos direitos reservados 2020
POMPA -  Desenvolvido por: www.studiowebsite.com.br
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal