Boom! - Pompa - Crônicas Debochadas

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Boom!

CONTOS


Brasília, sexta-feira, horário de verão, fim de expediente e um calor insuportável. Eu peguei meu carro no estacionamento da empresa e deixei os vidros abertos para dissipar o calor no interior do automóvel. Eu não possuía ar-condicionado no meu carro. Chegando à rua, tive que ter paciência com o anda e para do trânsito, além do asfalto quente que aumentava ainda mais a sensação térmica.
A avenida era larga, mas parecia não comportar todos os carros. Existiam muitos retornos e semáforos, o que dificultava ainda mais a fluidez do trânsito. De repente, ouvi um barulho vindo do carro de atrás: Boom! Boom! Boom! Era um som automotivo altíssimo que fez a lataria do meu veículo chacoalhar: Boom! Boom! Boom! Eu ainda iria ouvir aquele estrondo por mais alguns instantes até o trânsito andar e eu me afastar daquele automóvel barulhento.
Um pouco mais adiante, eu liguei o som do meu carro e sintonizei uma rádio que tocava Rock. O locutor anunciou Riders on The Storm, Cavaleiros da Tempestade da banda The Doors. Na introdução da música, a canção reproduziu um barulho de chuva e tempestade que me transportou para um cenário bem diferente daquele que eu estava vivendo. Por alguns instantes, a música me fez lembrar da chuva que não caía há muitos dias em Brasília.
Porém, minha tempestade imaginada encerrou-se logo. O veículo estrondoso havia encostado atrás de mim novamente e o bate-estaca estava ainda mais alto: BOOM! BOOM! BOOM! Naquele momento, eu olhei pelo retrovisor e notei um adolescente com uma das mãos no volante e a outra no celular dirigindo o automóvel. E desatento como ele estava, acabou batendo na traseira do meu carro: BOOM! Ele desceu do veículo e veio até a mim:
-Oi, tio. Eu estava passando um Zap. Foi mal.
-Zap?
-Se o senhor não conhece eu explico o que é.
Eu desci do carro e tomei o celular da mão dele:
Boom! Boom!Boom! Foi o barulho que fez quando eu pisoteei o aparelho.


Pompa 2018


Todos direitos reservados 2019
POMPA -  Desenvolvido por: www.studiowebsite.com.br
 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal